Centro de Ensino Fisk Joinville

60 anos e muita história para contar!

Uma das maiores redes de ensino do mundo, tem que ter também uma das histórias mais marcantes do mundo.

__

 

A Fisk está há 60 anos no mercado, e voltou a Joinville no final de 2009 com uma nova franquia, super moderna e atualizada. Está situada em uma casa onde antigamente funcionava um colégio infantil. A franquia conta com oito salas climatizadas, biblioteca, laboratório de informática, uma ampla área externa, cantina e estacionamento próprio.

 

A HISTÓRIA DA FISK
Sua história começa com Richard H. Fisk , um americano nascido em Tunbridge, Vermont, que se apaixonou pelo Brasil em uma visita realizada em 1950. Graduado em lnternational Relations e com o diploma Master of Arts pela School of Advanced International Studies, Johns Hopkins University, em Washington, D.C., Mr. Fisk, como é conhecido, decidiu permanecer no Brasil e passou a lecionar inglês no país.

Criou um método próprio, com base na solução das dificuldades específicas que os brasileiros apresentam ao aprender inglês. O sucesso do método Fisk gerou um crescimento vertiginoso, ampliando a escola para uma rede com mais de 1.000 unidades, muitas delas franquias, espalhadas pela América do Norte, América do Sul, África e Ásia.

Conheça a Fisk Joinville

Go back
  • Área Externa e Recepção

    Área Externa e Recepção
  • Área Externa e...

    0
    1
    50
    Área Externa e Recepção

    Área Externa e Recepção

  • Área Externa e...

    0
    1
    38
    Área Externa e Recepção

    Área Externa e Recepção

  • Área Externa e...

    0
    0
    47
    Área Externa e Recepção

    Área Externa e Recepção

  • Área Externa e...

    0
    0
    5
    Área Externa e Recepção

    Área Externa e Recepção

  • Área Externa e...

    0
    0
    4
    Área Externa e Recepção

    Área Externa e Recepção

  • Cantina e pátio interno

    Cantina e pátio interno
  • Cantina e páti...

    0
    0
    34
    Cantina e pátio interno

    Cantina e pátio interno

  • Cantina e páti...

    0
    1
    35
    Cantina e pátio interno

    Cantina e pátio interno

  • Cantina e páti...

    0
    0
    31
    Cantina e pátio interno

    Cantina e pátio interno

  • Salas de aula

    Salas de aula
  • Salas de aula

    0
    1
    22
    Salas de aula

    Salas de aula

  • Salas de aula

    0
    0
    22
    Salas de aula

    Salas de aula

  • Salas de aula

    0
    0
    26
    Salas de aula

    Salas de aula

  • Salas de aula

    0
    0
    25
    Salas de aula

    Salas de aula

  • Salas de aula

    0
    0
    20
    Salas de aula

    Salas de aula

  • Salas de aula

    0
    0
    23
    Salas de aula

    Salas de aula

  • Salas de aula

    0
    0
    25
    Salas de aula

    Salas de aula

Linha do tempo

Conheça os principais fatos que marcaram a história da Fisk.

Em 1950 Richard Fisk veio ao Brasil visitar seu irmão, que trabalhava no Consulado Americano de São Paulo. Richard gostou tanto da cidade que resolveu ficar.

Começou a lecionar inglês e em 1951, passou a ministrar aulas na TV Tupi, a primeira emissora da América Latina, e na TV Rio. Em pouco tempo, os negócios prosperaram e Richard decidiu criar seu próprio método.

Sensível às dificuldades dos alunos brasileiros, desenvolveu material didático próprio com base nas diferenças entre estruturas gramaticais das duas línguas e criou uma maneira de apresentação dessa estrutura mais ordenada do que a dos livros existentes até então. Sua ideia foi um sucesso imediato e com os primeiros resultados positivos, ele pode abrir sua própria escola, localizada no bairro da Bela Vista em São Paulo e começou a funcionar com 60 alunos.

Richard virou Mr. Fisk, naturalizou-se brasileiro e transformou a pequena escola, instalada em um sobrado alugado na região central da cidade, em uma verdadeira potência.

Em 1960 começou a expansão de sua empresa com o surgimento de grandes parcerias. A fama da eficiência do método chegou a outros estados e foram tantos os interessados em utilizar o método FISK que, por volta de 1962, iniciou-se o, atualmente chamado sistema de franquias, sendo que os primeiros contratos foram feitos na base do “aperto de mão”.

1960

Durante os anos 70, Mr. Fisk já possuía mais de 15 escolas que eram administradas por ele e por sua ex-esposa,
Zélia de Toledo Piza. Enquanto Zélia encarregava-se da área administrativa,
Mr. Fisk se responsabilizou pelas áreas comercial e pedagógica, buscando pontos pelas instalações de novas unidades,
supervisionando todas as operações e, também, fazendo programas de TV.

Foram 25 anos de sucesso na televisão. Mr. Fisk gravava programas de televisão em várias cidades,
como Goiânia, Recife, Porto Alegre, entre outras. Seus programas eram divididos em duas partes;
a primeira era de conversação com um tradutor ao lado e a segunda era para ensinar letras de músicas.
Como Mr. Fisk recebeu uma grande quantidade de cartas solicitando essas letras, ele teve a ideia de lançar
os famosos folhetos que continham as letras e as traduções dessas músicas.

1970[1]

Em 1988, a Fisk comemorou 30 anos com seu 1º Congresso Internacional na cidade do Rio de Janeiro. Participaram desse encontro franqueados de toda a rede, que já contava com aproximadamente 400 unidades espalhadas pelo Brasil. Nessa época, a Fisk passou a despertar o interesse de outros países da América Latina, foi quando Buenos Aires, capital da Argentina, tornou-se a sede da primeira “Escuela Fisk”.

1980[1]

A partir dos anos 90, a Fisk se fez mais presente nos veículos de comunicação, principalmente na mídia televisiva por meio de patrocínios esportivos. Também nesse período foi instituída a Fundação Richard Hugh Fisk, garantindo, dessa forma, o futuro dos franqueados e dos funcionários e a continuidade da marca.

Em 25 de agosto de 1997, em reconhecimento aos serviços relevantes que prestou à cultura e à educação, Mr. Fisk foi homenageado como Cidadão do Estado do Rio de Janeiro no Plenário da Assembleia Legislativa.

1990[1]

Em 15 de outubro de 2003, Mr. Fisk recebeu o título de Cidadão Paulistano ao mesmo tempo que sua fundação recebia prêmios, como Selo de Excelência em Franchising e Franqueadora do Ano entre outros.

Fisk deixa de ser uma escola de idiomas, incorporando o curso de Informática e Português para Brasileiros, tornando assim um centro de ensino cada vez mais competitivo, a fim de atender a demanda e necessidades do público que em busca de conhecimento aderiu aos novos cursos e continuam sendo um sucesso na rede.

Mais de 15 milhões de pessoas já estudaram na Fisk, que se consagra como um dos maiores centros de ensino do mundo e comemora mais de 50 anos de história e Mr. Fisk aos 90 anos só tem a agradecer a todos que o ajudaram e ajudam nessa trajetória de trabalho e sucesso, pois ele sente orgulho em poder dizer: “Muito obrigado, Brasil!”.

Em novembro de 2009 é fundada a nova unidade da Fisk Joinville.

Linha do tempo

Conheça os principais fatos que marcaram a história da Fisk.

Em 1950 Richard Fisk veio ao Brasil visitar seu irmão, que trabalhava no Consulado Americano de São Paulo. Richard gostou tanto da cidade que resolveu ficar.

Começou a lecionar inglês e em 1951, passou a ministrar aulas na TV Tupi, a primeira emissora da América Latina, e na TV Rio. Em pouco tempo, os negócios prosperaram e Richard decidiu criar seu próprio método.

Sensível às dificuldades dos alunos brasileiros, desenvolveu material didático próprio com base nas diferenças entre estruturas gramaticais das duas línguas e criou uma maneira de apresentação dessa estrutura mais ordenada do que a dos livros existentes até então. Sua ideia foi um sucesso imediato e com os primeiros resultados positivos, ele pode abrir sua própria escola, localizada no bairro da Bela Vista em São Paulo e começou a funcionar com 60 alunos.

Richard virou Mr. Fisk, naturalizou-se brasileiro e transformou a pequena escola, instalada em um sobrado alugado na região central da cidade, em uma verdadeira potência.

Em 1960 começou a expansão de sua empresa com o surgimento de grandes parcerias. A fama da eficiência do método chegou a outros estados e foram tantos os interessados em utilizar o método FISK que, por volta de 1962, iniciou-se o, atualmente chamado sistema de franquias, sendo que os primeiros contratos foram feitos na base do “aperto de mão”.

1960

Durante os anos 70, Mr. Fisk já possuía mais de 15 escolas que eram administradas por ele e por sua ex-esposa,
Zélia de Toledo Piza. Enquanto Zélia encarregava-se da área administrativa,
Mr. Fisk se responsabilizou pelas áreas comercial e pedagógica, buscando pontos pelas instalações de novas unidades,
supervisionando todas as operações e, também, fazendo programas de TV.

Foram 25 anos de sucesso na televisão. Mr. Fisk gravava programas de televisão em várias cidades,
como Goiânia, Recife, Porto Alegre, entre outras. Seus programas eram divididos em duas partes;
a primeira era de conversação com um tradutor ao lado e a segunda era para ensinar letras de músicas.
Como Mr. Fisk recebeu uma grande quantidade de cartas solicitando essas letras, ele teve a ideia de lançar
os famosos folhetos que continham as letras e as traduções dessas músicas.

1970[1]

Em 1988, a Fisk comemorou 30 anos com seu 1º Congresso Internacional na cidade do Rio de Janeiro. Participaram desse encontro franqueados de toda a rede, que já contava com aproximadamente 400 unidades espalhadas pelo Brasil. Nessa época, a Fisk passou a despertar o interesse de outros países da América Latina, foi quando Buenos Aires, capital da Argentina, tornou-se a sede da primeira “Escuela Fisk”.

1980[1]

A partir dos anos 90, a Fisk se fez mais presente nos veículos de comunicação, principalmente na mídia televisiva por meio de patrocínios esportivos. Também nesse período foi instituída a Fundação Richard Hugh Fisk, garantindo, dessa forma, o futuro dos franqueados e dos funcionários e a continuidade da marca.

Em 25 de agosto de 1997, em reconhecimento aos serviços relevantes que prestou à cultura e à educação, Mr. Fisk foi homenageado como Cidadão do Estado do Rio de Janeiro no Plenário da Assembleia Legislativa.

1990[1]

Em 15 de outubro de 2003, Mr. Fisk recebeu o título de Cidadão Paulistano ao mesmo tempo que sua fundação recebia prêmios, como Selo de Excelência em Franchising e Franqueadora do Ano entre outros.

Fisk deixa de ser uma escola de idiomas, incorporando o curso de Informática e Português para Brasileiros, tornando assim um centro de ensino cada vez mais competitivo, a fim de atender a demanda e necessidades do público que em busca de conhecimento aderiu aos novos cursos e continuam sendo um sucesso na rede.

Mais de 15 milhões de pessoas já estudaram na Fisk, que se consagra como um dos maiores centros de ensino do mundo e comemora mais de 50 anos de história e Mr. Fisk aos 90 anos só tem a agradecer a todos que o ajudaram e ajudam nessa trajetória de trabalho e sucesso, pois ele sente orgulho em poder dizer: “Muito obrigado, Brasil!”.

Em novembro de 2009 é fundada a nova unidade da Fisk Joinville.

Visão

Ser no segmento de educação um referencial pela atuação de qualidade e respeito.

Missão

Ser no segmento de educação um referencial pela atuação de qualidade e respeito.

Horário de funcionamento

Segunda a Quinta-feira
8h às 21h30min

Sexta-feira
8h às 20h30min

Sábado
8h às 13h